Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fazendo um faz de conta

Faço um faz de conta nosso,
Onde te tenho nos braços,
Te escuto a vontade,
Onde não existe saudade,

E fico nesse lugar,
Onde todos os dias,
Têm todas as estações,
Outono, inverno,
Primavera e verão.

Manhã, enquanto é outono,
Te beijo com boca de bom dia,
Sorrio ao te ver, fingindo que não via,
Mirando seu olhar, meu guia,

As tardes são primaveras,
Cada segundo é um novo florescer,
No nosso jardim, cada grão de areia,
É uma flor pra você.

As noites são todas verão,
Pois é quando te molho a roupa,
Faço do seu, meu desejo,
Meu mundo pequeno, meu realejo,

Inverno também tem,
Madrugada fria, que não me contém,
Fato que é fato, amor consumado,
Infinitos afagos, fogo que sempre vem.


18/04/2005
Vavelar
Enviado por Vavelar em 09/10/2007
Código do texto: T686547
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e colque link para página original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vavelar
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
68 textos (5767 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 03:32)
Vavelar