Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

please*

me chame
de infame
reclame
se inflame
mas não se entristeça
ou não se aborreça
me ame!

mal diga
o que digo
me xingue
não ligo
mas não me adoeça
sem que eu mereça
castigo

à vista
te quero
a prazo
te adoro
mas não se esqueça
não desapareça
que eu choro

não choro
por mim
é por não
te ter
não faças assim
que chegue ao fim
meu viver
             

Rio, 09/08/2007


*por favor
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 09/10/2007
Código do texto: T686651

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6831 textos (148044 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 06:36)