Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

>CANTIGA DE AMIGO*

No meu sertão seria assim:
Nos cajueirais em quilômetros
Meu querido cajueiro florido
Dá notícias do meu amor
Se cá passou por aqui
Nesta manhã sol brilhante
Nestas paragens verdejantes
Sumiu notícias não tenho
Se viver ou morte tenha
Envia-me uma mensagem
O vento através das antenas
Num e-mail bem rápido iminente

Teu amor cá não mais mora
Este espaço hoje é meu
Com rios e florais dos campos
Respiro o ar puro de Deus
Vivo está, moço belo e galante
Trovador de poemas brilhantes
Lá na cidade grande é mestre
Das conquistas das amantes
Com palavras melífluas em rimas
Nos Shopping é dono da fama
Cá pra nos menina, te engana

Mote do Fórum do RL

Afoto acima é do Peach Park de Fortaleza
É  tanta beleza e lazer que nem lembramos
que o mundo existe, quando estamos  lá.
Tudo lá é muito dispendioso
a partir da entrada.
Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 11/10/2007
Reeditado em 11/10/2007
Código do texto: T689783

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2369 textos (129083 leituras)
13 e-livros (700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 19:37)
Sonia Nogueira

Site do Escritor