Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silêncio

No silêncio do meu canto
quebra o encanto
de uma aurora proibida,
desenhada e inibida.
Fecha.
Lacra.
A confiança se esvai
na criatura,
que foi
modelada na estrutura,
da fraqueza
elameada na rudeza.
Agride a sensibilidade,
rouba a criatividade,
caminha  sobre 
a inverdade.
Surge o lamento,
trazido pelo vento
mas, bem ao fundo forma
o cenário junto a nova aurora!
Brota
nova luz,
nova era
embalando o amor,
no silêncio do desamor!






 

zaciss
Enviado por zaciss em 11/10/2007
Reeditado em 31/08/2018
Código do texto: T690103
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
zaciss
Lavrinhas - São Paulo - Brasil
1038 textos (28948 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/03/21 09:01)
zaciss

Site do Escritor