Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

navegando pelo rio sem fronteiras

qualquer medo desconcerta o impossível
navegando pelo rio sem fronteiras
onde a verdade
nunca foi dita
jamais um amor tocou naquela terra distante
onde a tristeza reina eternamente
e sempre a imaginação
machuca o coração.
teus beijos
são a corrente do desespero
onde eu guardo segredos
nunca antes suspeitos.
O Poeta Fantasma
Enviado por O Poeta Fantasma em 12/10/2007
Código do texto: T691424
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
O Poeta Fantasma
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 35 anos
4396 textos (147033 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/21 20:49)
O Poeta Fantasma