Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MARCAS DE UM CORPO

Estou plenamente consciente
que batalhei, que tracei planos,
que elaborei com artes as minhas
estratégias. Só não empreguei
a capacidade que deveria, para
convencê-la a voltar.

Por isso, em minhas trincheiras,
vivo a minha tarefa ingente,
como conseqüência de
uma estrondosa derrota.

Assim, a capitulação tornou-se
real, então, me esforçarei por
uma nova vida, embora saiba
que será de uma só respiração...

A mesma que a despeito
de ser ofegante, foi sumariamente
entregue como despojo de guerra,
e,agora, na cama, somente as
marcas de um corpo...

Não sei se reconstruirei
meus sonhos, se em meus
lábios desabrocharão
novos sorrisos, não sei
mais em que consiste os
momentos felizes...








 





       






Wil
Enviado por Wil em 12/10/2007
Código do texto: T691930
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 82 anos
2775 textos (86323 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 20:04)
Wil