Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Limites de amar

Limites de amar


Procuro você. Procuro me ligar a algum ponto.
Que seja as vezes de sofrimento. Que me ensine amar
Mesmo que me torture. E até machuque.
Que torne sentimentos loucos de angustias.
E que minha alma traga algum alento.

Você a espera, você minha esperança.
E por mais que tento. Ainda é meu ponto de esperança
Que tomara a minha vida um novo ritimo.
Meus pensamentos voltam sempre a ti.
Meu coração grita tua presença

E sei que na distância diálogos torna impossível.
E muitas vezes esta ausência sufoca.
Mas a esperança retorna. Revitaliza!
E ai vai se embora minhas desilusões

Quando chegares a mim. Teus carinhos
Tua presença trará vida a mais uma vida
Que prestes estava a se ir.
É a química da vida, é os limites de amar.

elio candido de oliveira
Enviado por elio candido de oliveira em 13/10/2007
Reeditado em 02/12/2007
Código do texto: T693207
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
elio candido de oliveira
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4860 textos (171346 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 07:02)
elio candido de oliveira

Site do Escritor