Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto





Não quero profanar esta atmosfera

do nosso elo inocente e puro nesta

suavidade cândida que desabrocha

Em cantos de rouxinol,minha bela fera

 

As emoções que acordam minha alma

Em melindres de pudor,nas palpitações

Que rompem o fio tênue da indecente

nudez ,

 

Ou se teus cabelos loiros,despertara

Minha face em rubor, impassível no gozo

Ou, se as sombras coloridas contornam

O panorama do teu corpo,nas misturas

Dos perfumes em teu talhe.


demetrioluzartes
Enviado por demetrioluzartes em 15/10/2007
Reeditado em 15/10/2007
Código do texto: T695248

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (demetrio luzart). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
demetrioluzartes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
981 textos (36645 leituras)
12 áudios (774 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 22:41)
demetrioluzartes