Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tenho em mim uma saudade assaz latente ...

Tenho em mim uma saudade assaz latente
E na ausência o seu estado doloroso
Mas por tratar-se de um sentir tão mavioso
Não há pena ou castigo que eu lamente

Cada hora é inimiga declarada
Pela calma com que minutos desfia
Se estendendo, e aumentando a agonia
Do desejo dessa voz tão almejada.

Ouço enfim, o sinal que me resgata,
E num segundo, pressinto o fim da espera,
Das ermas horas, que o longo dia arrasta.

E o coração, no meu peito se acelera
Sem angústia ou tristeza, pulsa em festa
Sabedor de que a alegria agora impera.
Luciana Rodrigues
Enviado por Luciana Rodrigues em 16/10/2007
Código do texto: T696335
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciana Rodrigues
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil, 45 anos
45 textos (2944 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 08:52)
Luciana Rodrigues