Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando

Quando o coração cala e deixa os lábios falar,
quando os olhos se fecham , e a alma passa a enxergar,
percebi crescer em meu ser,
um carinho imenso, um desejo de estar com você.

Queria ter a coragem para dizer,
queria ter a garra , para ao meu lado te ter,
queria te dar todos os dias o que é preciso,
dormir com seu olhar, e acordar com seu sorriso.

Mas o destino não quis assim,
mandou um anjo belo pra mim,
um anjo que não posso não tocar,
queria a certeza de um amor , de dois anjos amar.

Porque você em  pouco tempo conseguiu conquistar,
tanto o meu sorriso, quanto a lágrima do meu olhar,
você tem um ar todo angelical,
tornou-se em minha vida muito especial.

Mas tão lindo anjo não pode comigo estar,
pois a minha covardia não me deixa tentar,
mas ainda assim está em mim,
como uma bela flor, sozinha em um jardim.

Queria as minhas mãos te dar,
queria poder ao seu lado caminhar,
mas preciso pedir perdão,
por deixar você dentro, mas não pertencer meu coração.


Obs: é apenas minha poesia, não estou me declarando, pois tenho minha noiva Danny  =]
Anderson Vieira Dias
Enviado por Anderson Vieira Dias em 22/10/2007
Código do texto: T705050
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anderson Vieira Dias
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
72 textos (3824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 04:13)
Anderson Vieira Dias