Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A dor de uma traição

Dói em meu peito
A mágoa do desprezo.
A chama que outrora nele ardia
Afogou-se nas lágrimas do desespero.
Uma estranha sensação me invadiu
E um profundo vazio preencheu minh’alma
-Como pudestes ser tão insensível
Às juras dessa paixão?
-Como fostes tão desprezível
Urdindo tamanha traição?
Eu que tanto te amei e a ti dediquei
Meus versos, meus sofrimentos,
Minhas noites insones, meus sentimentos!
Eu que tanto te adorei
Jamais pensei que pudesses ser capaz
De apunhalar-me vil e cruelmente!
Tudo te dei, tudo te fiz
Te protegendo para o teu bem...
Não me arrependo de ter te amado tanto
Não me condeno por, infelizmente, ainda te amar
Eu te desculpo por não saberes o mal que fazes
Ao coração de quem te ama demais
Mas, sinceramente, o meu perdão
Este, sim, tu nunca terás!
Edmar Claudio
Enviado por Edmar Claudio em 22/10/2007
Reeditado em 23/10/2007
Código do texto: T705680
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmar Claudio
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
217 textos (26342 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 14:37)
Edmar Claudio