Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças de um amor doído
De Tania Mara Benaion de C. Motta

São sensações que não posso explicar
Que me tomam como uma praga maldita
E se me entrego aos delírios deste momento
Não vou ouvir as dores, que meu coração grita
 
Tenho tantas tristezas acumuladas em mim
Que por vezes penso em desistir deste caminho
E me vejo aqui novamente triste e perdida
Não sabendo, ainda, sobreviver sem teu carinho.
 
São lembranças fortes de um amor doído
Que por mais que tente esquecer , não consigo
E quanto mais procuro deixa-lo para trás
Mais e mais esse sentimento torna-se veraz.
 
Quantas vezes tive vontade de te abraçar
Sempre com medo de que não fosse aceitar,
E dizer tudo que guardo em meu coração
Mas minha realidade ainda é a solidão.
 
São incertezas de uma paixão não realizada
Que em meu peito pra sempre, ficou guardada
E mesmo depois que você preferiu ir embora
Ainda te amo com a mesma intensidade de outrora.
 
Em certos momentos, sinto ainda estar sonhando
E me pego distante, em pensamentos imaginando
Uma fórmula mágica que me faça finalmente encontrar
A maneira certa e definitiva de deixar de te amar.

24/10/2007











Tania Benaion
Enviado por Tania Benaion em 24/10/2007
Reeditado em 29/11/2008
Código do texto: T707799
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tania Benaion
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
594 textos (46470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 10:15)
Tania Benaion