Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O SOL TAMBÉM SE DEITA

“O sol também se levanta” (Ernest Hemingway)

O sol como astro da terra,
Por cima das nuvens ele a mira,
Quando caem as sombras da tarde,
É porque mansamente ele se retira.

O sol como fonte de luz e calor,
Aquece a água que da fonte escorre,
Quando rubramente mancha o poente,
É porque o sol também se move.

O sol como eterna claridade da terra,
Eterna presença que ninguém esquece,
Mesmo quando a tarde repleta de trevas,
É porque o sol também adormece.

O sol como força viva da natureza,
Não se extingue, não perece, não se encolhe,
Mas quando se aquieta por trás do ocaso,
É porque o sol também se recolhe.

O sol como protetor da terra,
Vagando por sobre as nuvens, espreita,
Quando a brandura da tarde se achega,
É porque o sol também se deita.

1.981
JOSE LINS
Enviado por JOSE LINS em 25/10/2007
Reeditado em 04/09/2011
Código do texto: T708833
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSE LINS
Lins - São Paulo - Brasil, 62 anos
499 textos (32218 leituras)
26 áudios (1988 audições)
4 e-livros (116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 21:18)
JOSE LINS