Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEDE DE AMOR.


Meu leito árido o chama
Sou rio sem água
Sou foz sem vida
Minha alma agônica clama.

Salva-me desse estio e calor
Mata-me a sede
Enche-me de vida
Dá-me teus sonhos de amor.
Evelyne Furtado
Enviado por Evelyne Furtado em 26/10/2007
Código do texto: T710172

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Evelyne Furtado
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
974 textos (122271 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 12:20)
Evelyne Furtado