Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maturidade

Mais belo que a noite é o dia ensolarado
Amado por todos; mais intenso que a dor
É o amor não correspondido, que coroe
Lentamente o coração da gente e deixa
Sangra no peito a triste emoção latente.

Mas o mais belo entre todas as coisas
É a vida que despercebida passa levando-nos
Ao apogeu da maturidade plena e nos deixa
Navegar feito uma caravela em águas serenas

Ai, tudo é belo, não há rico nem plebeu
Negro nem branco, cristão nem ateu
O sincretismo domina, estacionando-se
Entre a razão e a emoção e tudo procuramos
Fazer para aliviar sofrimento dum irmão.

Depois a felicidade brilha em nossos olhos
Por ter praticado tal ato de solidariedade
Sentimos-nos de dever cumprido e de alma
Lavada por mais uma etapa ter vencido.

E cantamos a beleza do belo, por ter podido
Ser o grande anônimo pela multidão desconhecido,
Uma estrela cadente, pelo manto sagrado ungido
E de Deus a benção ter recebido.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 27/10/2007
Código do texto: T712639
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3209 textos (83113 leituras)
2 e-livros (439 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 04:25)
R J Cardoso

Site do Escritor