Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PREDESTINADOS


PREDESTINADOS


Existem palavras que não preciso dizer
Predestinação, minha alma te conhece
Sempre fui tua, mesmo antes de nascer
Meus olhos falam, meu corpo obedece

Sentimentos nem é preciso explicar
Deixo-os livres, pássaros soltos no céu
Voláteis sentires, com ganas de amar
Tocar teu corpo, sorver todo mel

Inumeráveis letras poderiam os exprimir
Porém seria impossível redigir
Tudo que na eternidade foi escrito

Olhe para meus negros olhos, escuta
Eles dizem tudo e minha boca cala
Á esperar aquele beijo tão previsto!
Tânia Mara Camargo
Enviado por Tânia Mara Camargo em 29/10/2007
Código do texto: T715104
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Mara Camargo
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 60 anos
508 textos (17640 leituras)
7 áudios (418 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 19:39)
Tânia Mara Camargo