Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Agonia das Horas

Acelere o compasso relógio,
Faça o tempo depressa passar,
Fico sempre em agonia,
Esperando a noite chegar.

À noite teu tempo passa depressa,
Deve ser só pra me chatear.
Porque pressa à noite relógio?
Se é à noite meu tempo pra amar.

Pensamentos absurdos já tive,
Para inverter a situação,
Mudar pra um lugar que quando aqui dia,
Lá, completa escuridão.
Veja só que utopia,
Pensei em morar no Japão.

Mas agora entendi teu compasso,
É o mesmo do meu coração,
Você bate rápido, quando quem  amo está perto,
Devagar, quando não.
Laerte Russini
Enviado por Laerte Russini em 29/10/2007
Reeditado em 12/01/2017
Código do texto: T715286
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Laerte Russini
São Paulo - São Paulo - Brasil, 66 anos
170 textos (18473 leituras)
1 e-livros (243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 06:35)
Laerte Russini