Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTÃO O HOMEM

Então o homem sorriu
E da pureza do seu sorriso
Criou-se um lado preciso,
Da harmonia Celestial.

Então o homem chorou
E tristeza de seu choro,
Despencou um vago coro
De vozes no hino Angelical.

Então o homem se aprumou
E da precisão do seu prumo,
Fez caminhada sem rumo,
Numa chegada sem retorno.

Então o homem se indignou
E da altura da sua indignação,
Propôs-se a tal arrumação,
Que seu erro teve o estorno.

Então o homem se propôs,
E da sua indignada proposta,
Obteve de si mesmo a resposta,
Fruto da sua total heresia.

Então o homem se adornou
E do seu indigesto adorno,
Conteve otimismo em torno
E a tristeza venceu a alegria.

2.007
JOSE LINS
Enviado por JOSE LINS em 31/10/2007
Código do texto: T717665
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
JOSE LINS
Lins - São Paulo - Brasil, 65 anos
509 textos (39841 leituras)
26 áudios (2000 audições)
4 e-livros (123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/21 11:24)
JOSE LINS