Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seus olhinhos, minha perdição!

Não sei se dia...
Não sei se noite...
Num desses dias ou noites...
Teus olhinhos eu vi...
Estavam ali...
Pertos de mim...
Luz com medida...
Nesse feixe de luz...
Não me contive...
Fiz trilha em linhas brancas...
Minha cabeça um novo véu...
Teias me prenderam a você...
Meu amor... Meu mel!
És meu desejado proibido!
Sentimento aflorado...
No paraíso encantado...
Seus olhinhos, minha perdição!
Socorro Castro
Enviado por Socorro Castro em 31/10/2007
Reeditado em 10/11/2007
Código do texto: T717854


Comentários

Sobre a autora
Socorro Castro
São Luís - Maranhão - Brasil
278 textos (25730 leituras)
4 e-livros (197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 16:47)
Socorro Castro