Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EROS ACUADO

Este,que a noite chora furtivo,
E entre espasmos de amor e ódio
Faz ranger os dentes em seu abrigo,
Feito animal selvagem,feroz...

Este,que ama a flor em seu jazigo,
Sepulto entre sonhos defeitos,
Que mesmo sangrando solta um riso
Em meio ao gemido que escapa ao peito...

Este,que procura amor em terra estranha,
Finge que não ama, e cala e sente
O frio enregelado nas entranhas
Quando perto passa a ausente...

Esse,que à luz da loucura escreve
Versos que a alma endureceu,
Esse que ao vê-la um dia não se conteve
E morreu de amor e de amor viveu...

Esse,acuado pelas flechas da quimera,
Que ainda espera ser salvo,espera...

Esse sou eu.
Gilberto de Carvalho
Enviado por Gilberto de Carvalho em 03/11/2007
Código do texto: T722115
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto de Carvalho
Pirajuí - São Paulo - Brasil, 45 anos
302 textos (15600 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 04:15)
Gilberto de Carvalho