Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU TAMBÉM AMEI

Igual a todos, como todos,
eu também amei, e não foi
uma brincadeira passageira não,
foi um caso pra valer, o
transluzir de minha alma.
 
Depois, bem, depois como todos,
também fiquei cego, deixei de
ouvir, divorciei da lua e, fui morar
na rua, ali perto da esquina da solidão.
 
Foi tão rápida a decepção,
o encontro com vazio então,
foi questão de segundos, por isso,
saímos abraçados,  eu e
o resultado da paixão.
 
Ir para onde se vivo em
um mundo alheado, e como
chamar alguém, se sei que já
não existe sintonia com ninguém?
 
Foi o que aconteceu, não foi
apenas mais uma vez, pois, agora,
sinto o veneno da saudade
invadindo o meu ser,
destruindo o que restou
deste tresloucado amor....
 


 
 
 
 
 



 
 
 
 
 

   




 







Wil
Enviado por Wil em 07/11/2007
Código do texto: T726986
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 82 anos
2775 textos (86333 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 20:45)
Wil