Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retalhos da Carne






Rasguei os retalhos,
gritei para o espaço
Abri meus longos braços
Dancei,girei,

ri dos espantalhos
Fiz poesia sem graça
Joguei tudo nos

 velhos armários
Fui para rua,
tomei um ar vi

Um canário rosado
,um velho
Sentado,

No banco, amarelado,
Que gozado,tornei-me
Um velho moço palhaço

Não vi o espelho
onde reflete minha alma
onde o tempo desconsertado
escoas entre as rugas do passado

demetrioluzartes
Enviado por demetrioluzartes em 13/11/2007
Código do texto: T735181

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (demetrio luzart). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
demetrioluzartes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
981 textos (36645 leituras)
12 áudios (774 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 23:14)
demetrioluzartes