Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corpo quente..





No sopro
Da noite  corrupta,
Sussurra doce
entre  pecados
Os segredos, e destila
O vinho afluente voraz

desliza suavemente
pelas asas o vento
Da  paixão selvagem
Saciando a sede
Do corpo quente.

manipula a mulher
Felina em tua corrente
de papel carmesim

Noite amiga querida  o dia
Chama,adormece suave
Tua amante nas sombras
Pálidas do amanhecer.

Apaga meus rastros
feitos na relva,meus caminhos
antes que encante meus pensamentos.


demetrioluzartes
Enviado por demetrioluzartes em 13/11/2007
Código do texto: T735839


Comentários

Sobre o autor
demetrioluzartes
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
1073 textos (40802 leituras)
12 áudios (779 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/21 08:30)
demetrioluzartes