Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SERÁ QUE AMOR ACABA?

Um amor recentemente ferido...
Acredita que dificilmente sanará sua dor...
Um amor ferido é uma magoa profunda...
É um espinho cravado no coração...
É um lamento sem consolo...
É essa dor que penetra na alma...
Que derramam lagrimas de dor...

Se fosse viver de amor ferido morreria...
Já teria eu morrido!
 
Porém, meu amor por mim é maior...
Do que qualquer amor ferido...

Será em outra morada...
Que encontrarei consolo!

O homem comete erros para aprender com eles... A sobreviver...
Com o tempo... O tempo leva... O tempo há de levar...
Toda magoa e rancor... De um amor que se acabou!

Então, me pergunto... Será que amor acaba?
Sim, Eu posso responder...
O amor acaba se não o cuidarmos com zelo e “amor”!
O amor acaba se não o regarmos com a água da vida, “amor”!
O amor acaba se não nutrirmos de alimento, “amor”!

Mas, uma dúvida paira no ar... Pois...
Se for amor nunca acabará!
Será sempre nutrido com a verdadeira essência, “amor”!

Porém... Acredito que...
Alguns homens nascem sabendo amar...
Outros se esquecem de amar...
E muitos aprendem a amar!

Feliz o homem que nascem sabendo amar!
mais feliz o que aprende a amar!
E o que se esquece de amar...
este de desgosto viverá!

E quando se  sabe amar...
E quando se aprende a amar...
Não há duvidas...
O amor nunca se acabará!
Será eterno... Quem sabe...
Até enquanto durar!
Mira Margarido
Enviado por Mira Margarido em 17/11/2007
Reeditado em 01/02/2008
Código do texto: T741049

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mira Margarido
Rio Branco - Acre - Brasil, 49 anos
242 textos (45415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 22:23)
Mira Margarido