Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha declaração

O que pensas me fere como flecha sobre a pele.
O que dizes, me corrói como ácido.
É difícil, eu sinto a incerteza do meu sentimento por ti,
Mas não sei como agir diante desta situação.

Você, com suas frases curtas e objetivas,
Querendo as minhas esclarecidas,
Desculpe-me, mas não sei como esclarecê-las.

Te amar, talvez não!
Ainda estamos recentes.
Nada aconteceu além de palavras.
Note que me perco em nosso diálogo,
Mas que todas minhas frases expressam algo por ti.

Sei que sinto algo por ti, mas não sei o que é.
Talvez em mim esteja nascendo um carinho grande por você,
Do qual expresse de tal forma, o começo de um amor.

Já você, o que sentes por mim?
Talvez um sentimento ligeiro, uma paixão, por exemplo.

Acredito que sou mais uma em sua vida,
Que no final das contas, se lembrará de mim e rirá,
Achando graça dessas minhas palavras sinceras,
que para você não farão menor sentido.

Não imaginas como sofro por saber que isso
É somente um sonho e nada mais.
Se você gosta de mim, por que está sendo tão complicado?

O carinho por você já existe dentro de mim,
Só me resta saber se estou em seus pensamentos,
Assim como você está dentro dos meus...
Isa Linse
Enviado por Isa Linse em 18/11/2007
Reeditado em 18/11/2007
Código do texto: T741670
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Isa Linse
Taubaté - São Paulo - Brasil, 33 anos
78 textos (8520 leituras)
6 áudios (859 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 23:30)
Isa Linse