Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BEIJO QUE NÃO BEIJEI


Contornando a boca sedenta
Encontram-se lábios acolchoados e carnudos
Seus contornos avermelhados
Seu infinito cheiro, beijo contido.
A boca pede.

Em suas curvas e montanhas
Percorro o imaginário traçado do prazer.
Vou dos teus lábios aos meus.
A vida treme.
A boca geme.

Comprimento a língua alheia
Sussurro em dentes vistos
Pisco um segredo esquecido.
A boca suga.

Entrego-me neste beijo perfeito,
Fecho-me em olhos e sonhos,
Sigo sentindo o calor,
Sinto este amor consumir.
A boca beija.
Lorenzo Giuliano Ferrari
Enviado por Lorenzo Giuliano Ferrari em 18/11/2007
Código do texto: T741713
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lorenzo Giuliano Ferrari
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
1839 textos (51474 leituras)
1 áudios (2458 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 01:01)
Lorenzo Giuliano Ferrari