Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Letras 0199 - Delírio



Inventa o sentimento,
o quarto,
a luz,
deixa o corpo meu no seu.

Deixa a alma solta,
o sentimento pronto,
não importa as palavras,
quero gestos, urros de prazer.

Preciso das janelas,
do corpo sem portas fechadas,
quero sorrir seu riso,
lamber seu delírio.

Quero-te louca,
quando invadir seu corpo.
quando pedir pra ficar,
quando for expulso pelo gozo.

Peça que volto,
faço amor outras vezes,
peça ou não, volto sempre,
entro seu corpo e jorro.

Somos água e trilha,
imagino escorrer indo e vindo,
misturado aos abraços,
o tempo, os raios, as luzes.

E beijo sua boca lambuzada,
corro o corpo inventando mais,
até que o dia acaba na noite
e na noite adormecemos amor.

19/11/2007
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 19/11/2007
Código do texto: T743375
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
4429 textos (117039 leituras)
1 e-livros (168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 06:08)
Caio Lucas