Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEI QUE, DE SEI QUE LÁ...



Meu xodó
Tem um sei que, de sei que lá,
De não sei o que, um chamego todo doce
Feito um sei que, de sei que lá.
Ela faz assim não sei como, nem sei como faz!
Assim todo gostoso nem sei, todo assim, sabe?
Só sei que não sei, o que sei, do que sei do que sei lá.
Meu xodó e muito assim como não sei por onde.
Quando eu pego ela assim de um jeito todo não sei como
Ela se desmancha toda feita um sei que de sei que lá
Molha-se tanto que nem sei dizer
Porque o querer do meu xodó é todo assim
Quando vem por cima de mim
Deixando-me todo sei como, sei que lá
Só sei que gosto do gosto do meu xodó gostar
Como engolindo o mar quando me quer
E eu querendo sei como lá, ser o mar.
Cheio de me deixe só para mais chamegar
Então eu fico todo assim, ela por cima, por baixo de mim.
Eu todo também a fazer não sei que, sei que lá
Cheio disso e daquilo, assim como
Sei que lá.
Mas termina tudo certo
Quando de tanto pra lá e pra cá
Fica toda assim molinha, toda não sei que
E eu todo assim não sei que,
Todo não sei que, sei que lá...
BARRET
Enviado por BARRET em 20/11/2007
Código do texto: T744056
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARRET
Salvador - Bahia - Brasil
798 textos (72334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 05:52)
BARRET