Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"A LADRA DO MEU AMOR"

Ela surrupiou meu frágil coração
sem o meu melhor consentimento
no entanto, o roubo foi em vão
pois não respondi ao seu sentimento

Depois, sorrateira, coxixou ao meu ouvido
disse-me que quem ama não erra
minha resposta foi um terno gemido
percebi, então, que começava a perder a guerra

Daí, voltou à carga, agora com força total
lambeu-me por inteiro, da cabeça aos pés
eu ali, incólume (não indiferente), coisa e tal
com uma vontade louca de gritar "yés"

Mas, logo a madrugada chegou, quase dia então
ela derramou seu corpo quente em mim
tirando-me do estado latente, para a total tesão
e, não tive escolha, a não ser dizer sim !!!

Ficção.
Maceió/AL - 2007.
René Cambraia
Enviado por René Cambraia em 21/11/2007
Código do texto: T746663
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
René Cambraia
Maceió - Alagoas - Brasil, 65 anos
1167 textos (56226 leituras)
10 e-livros (656 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 00:12)
René Cambraia