Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEUS DIAS SEM ELA



SONHOS SÃO SONHOS,
PRA QUE DORMIR ?
VIVER A VIDA POR VIVER,
O QUE FAZER?
SEGUIR CAMINHOS TORTUOSOS,
A ROSA QUE NÃO SE ABRIU,
PORQUE PARTIU?
A VÓZ QUE PRESA NA GARGANTA,
NÃO CANSA, TEU NOME QUERER GRITAR,
O PIRULITO TIRADO DE UMA CRIANÇA,
A ESPERANÇA DE UM DIA, VOCE VOLTAR,
A DOR NEM CONTO,
O AMOR TAMANHO,
MOTIVOS, JÁ NÃO ENCONTRO,
MAS SEI QUE UM DIA, VOU TE ENCONTRAR.
MEUS PÉS DESCALÇOS NO CHÃO,
PARADO, DEBRUÇADO NA JANELA,
PENSAMENTOS VOAM E CAEM NO CHÃO,
E VIVO ENTÃO, A ESPERAR POR ELA.
MEUS DIAS, SEM ELA, SERÃO DIAS,
NADA MAIS.




POETASP
Enviado por POETASP em 22/11/2007
Código do texto: T747049

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETASP
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
354 textos (17711 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 10:30)
POETASP