Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ETERNIDADE POR ELA

No Edem, o senhor colocou o homem
fazendo com suas mãos, que este homem
cuidasse o jardim, ensejou ......
Com a brandura daquele coração.


Acordava em delírio muita e muitas vezes
após as lembranças, depois dos  sonhos.
Aquele silêncio existente no meu peito
logo após a sua partida, fazia vibrar em meio
a coisas estranhas.


Desesperado, fiz então;
entre soluços e lágrimas
um pacto com minha amada.
Percorrendo desde aqueles tempos
aos dias de hoje, me pergunto ?



Será ! Será que verei sempre tua sombra,
quando as noites chegarem  ?
Será ! Será que pelo dia,
terei sempre tua lembrança
e presença nas flores ?
Será ! Será que toda primavera,
será nosso templo redentor ?


Por fim, direi eu:
- Nesta hora carinhosa em que te vejo
linda no meu coração, na minh´alma;
volta pra mim, não importa onde estiveres ......
Volta pra mim !


Oh senhor ! Perdoa meu egoismo
sou fraco, e ando profundamente abatido.
Mostra-me o caminho da felicidade.
Mesmo ela não vindo
como tem feito pra este coração,
proteja-nos pela eternidade.


Do Manuscrito: Rosas ..... Por quê Espinhos ?
Versos feitos no Jardim São Paulo, em São Paulo, na rua em que morava FRANCISCO EGÍDIO, simpatia dos meus dias de AÇÃO DE GRAÇA, eternamente para você. 1971.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 23/11/2007
Reeditado em 03/01/2009
Código do texto: T749692
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (123024 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 16:17)
tabayara sol e sul