Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANTO MISTÉRIO EM TI

Na maioria das vezes
a sabedoria da noite
é o que mais me impressiona.

Este mistério
ocasiona pressões
neste peito,
abala-me ......

O mito, sei lá !
Esta tua maneira
de continuares
longe de mim.

Cresce depressa
toda opressão
que possas imaginares
- possível -
à este ente,
só porque
morro de amor por ti.

Minha solidão
sente-se cada vez
mais abandonada,
por isto este
lamento cada momento
mais profundo por ti.

Te quero, como sabes;
amo à teu coração,
com tudo isto
ainda me vens
com narrações
parecendo biblicas.

De coisas que outros
pensam, observam,
ou que irá transparecer.

Não me importa !
O que outros pensam,
amor !
Quero saber
no fundo,
porquê este mistério  ?

Porque este mistério
te envolve,
se me amas,
que dissestes
a mim,
quantas e quantas
oprotunidades.



Do Manuscrito: Rosas ..... Por quê Espinhos ?
Estes versos foram escritos para FRANCO BARRETO, radialista, criador e apresentador à 25 anos do programa de rádio em Pelotas-Rs, " BONS TEMPOS AQUELES " , na rádio Tupanci. Não sei mais o ano que escrevi estes versos.
tabayara sol e sul
Enviado por tabayara sol e sul em 24/11/2007
Código do texto: T750515
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tabayara sol e sul
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
615 textos (123028 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:38)
tabayara sol e sul