Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO SEI

Ainda não sei, se te amo da mesma forma,
quanto te amava, quando trocamos o primeiro beijo.
Não sei se você ainda me quer, tanto, quanto aquele dia,
em que abraçamo-nos e caricias e beijos trocamos.

Não sei, se tudo isso é possível, mais o amor que sinto por ti,
não deve ser o mesmo dos beijos trocados, dos primórdios de nossos encontros.
Mais eu saberei, que tudo isso, aconteceu pelas suas ausências constantes,
que foi matando aos poucos o nosso grande amor.
26/12/89

PASSOU

Passou O Natal,
Junto Com Ele Passou Nosso Amor;
Nossos Sentimentos Somente O Que Ficou

Sentirei Saudades,
Bem Sabes Que Sim
Mais Com O Ano Novo, Novos Amores Virão
E Um Deles Preencherá Este Vazio Que Você Deixou.

Mais Quem Sabe Você Mesma Não Retornará,
E Virá Cobrir Esta Lacuna Que Você Mesma Criou.
E No Arrependimento Achou Que O Ideal
Era Ficar Mesmo, Comigo!!
26/12/89
Olavito
Enviado por Olavito em 25/11/2007
Código do texto: T752767

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Olavito
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 65 anos
583 textos (40734 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 21:32)
Olavito