Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DE REPENTE O VENTO...


DE REPENTE O VENTO...

Tão supérfluo vento...
Chegou de mansinho
Ávido por carinho

Arrepiou-me os pelos
Invadiu-me um desejo...

Agarrei-o pelos cabelos.
Guerra de nervos,
Rasguei o verbo,
Pediu-me colo!

Tudo tão repentino,
Perdemos o tino.

Estou mentindo.
Permeio em meu corpo,
Vento louco,
Foi por pouco...
Quase fiquei no sufoco!


Tânia Mara Camargo
Enviado por Tânia Mara Camargo em 27/11/2007
Código do texto: T754584
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Mara Camargo
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 60 anos
508 textos (17643 leituras)
7 áudios (418 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 19:53)
Tânia Mara Camargo