Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lucinda


Lucinda não queria trabalhar
Queria só amar,
Mas não amava qualquer um,
Porém, sozinha não ficava, de modo algum.

Lucinda pedia liberdade
Conquistou igualdade,
Mas quis usá-las sem padrão
Ocultando seu coração.

Menina negra, índia, branca
Veja a quem com pelica espanca
Pois não fui eu quem te atei à cama!

Pelo amor de quem por amor lhe chama
Volte Lucinda, a trabalhar pelo amor,
E compreenda que se “fica”, financia a dor
Rafael Otávio Modolo
Enviado por Rafael Otávio Modolo em 28/11/2007
Código do texto: T755804
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Otávio Modolo
Bauru - São Paulo - Brasil, 28 anos
186 textos (8301 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 00:53)
Rafael Otávio Modolo