Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aquilo que odeio em ti

Odeio quando me atiras à cara aquilo que fazes por mim.
Odeio-te quando berras comigo.
Odeio cada vez que dizes compreender-me
E ages como se não tivesses compreendido absolutamente nada.
Odeio quando olhas para mim sem proferir uma palavra,
Mas odeio-te quando me olhas sem conseguir ver-me
Ou quando pronuncias palavras que não são verdade.
Odeio quando finges que me ouves
E mais quando não me ouves de todo…
Odeio mais ainda quando não te ouço.
Odeio quando tenho vontade de seguir em frente porque sofro,
E ainda mais quando não consigo fazê-lo porque gosto de ti,
Ou porque reages de uma forma tão impeditiva que sinto que tenho de te abraçar.
Odeio quando sinto que gosto mesmo de ti, apesar de tudo,
E quando penso que irei ficar para sempre ao teu lado,
Porque sinto que não vamos conseguir.
Odeio quando não sabes ou não consegues pedir perdão
Mesmo sabendo que isso me faz mais feliz.
Odeio quando não tentas lidar com os nossos problemas.
Odeio quando não me contas o que sentes,
E, ainda mais, quando não te preocupas com os meus sentimentos.
Odeio-te quando minimizas a minha vida.
Odeio não conseguir escrever apenas dez coisas que odeio em ti.

30 de Outubro de 2007
Vera Lorena
Enviado por Vera Lorena em 01/12/2007
Código do texto: T760128

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Lorena
Portugal
31 textos (931 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 17:36)
Vera Lorena