Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como mutante


Me sinto ai sozinho,
Mas te vejo ao meu lado, sempre,
Almoças comigo sem que eu saiba,
E me ama daquele teu jeito só teu, mulher.

Sigo nas ruas sob teus olhos,
Pequenas câmeras que gravam o meu cotidiano,
Quando talvez me lembro, percebo teu carinho,
Quando não, tenho teu acalanto.

Como mutante,
Eu mudo meu amor, sozinho,
Percebo a minha vida, seguindo,
E você ao meu lado, me amando.

Te amo, nem sem mais como,
Te quero,  nem mais,  nem menos, tudo,
Te gosto com muito, muito mais carinho.
Lorenzo Giuliano Ferrari
Enviado por Lorenzo Giuliano Ferrari em 01/12/2007
Código do texto: T760253
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lorenzo Giuliano Ferrari
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
1839 textos (51485 leituras)
1 áudios (2458 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 02:51)
Lorenzo Giuliano Ferrari