Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM TUA PRESENÇA

O céu escurece, quando não te vejo.
Turvando minhas águas tão cristalinas.
Lavando minhas mágoas descarrego o pranto,
suprindo a carência de um outro abandono.
Açoitam-me os versos desgarrados,
aqueles que desprendem-se da carne
como se fizessem parte de mim.
Judiam-me formando verdades retorquidas,
escritos miseráveis de toda uma vida
resumida num sofrer que não tem fim...



 

CAVALEIRO SOLO
Enviado por CAVALEIRO SOLO em 01/12/2007
Reeditado em 19/07/2013
Código do texto: T761155
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CAVALEIRO SOLO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
820 textos (62354 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 02:02)
CAVALEIRO SOLO