Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde estará o castelão


   
És a castelã desse castelo,
Onde estará o castelão,
Foi bater-se em duelo,
Deixando-o sem guarnição.

À castelã defendi-lhe o castelo,
Dado não haver guarnição,
Amei servir ser tão belo,
Como amei seu coração.

Lutei contra ladrões
Fiz poemas à minha bela,
Colhi flores ao gosto dela,
Por ela realizei mil acções

Fiz de bobo e trovador,
Converti-me à sua religião,
Eu queria seu amor,
Desejava seu coração.

Eis que chega o castelão,
Senhor da minha amada,
Fiquei reduzido a quase nada,
Restou o sentimento de solidão.

Sonhar com a mulher do meu coração,
Esse ser imensamente belo,
Abandonei esse estranho castelo,
Vivi sonhando a minha ilusão.

Autoria: A. Manuel de Campos
Alberto M de Campos
Enviado por Alberto M de Campos em 05/12/2007
Código do texto: T765436

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto M de Campos
Portugal
160 textos (3033 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 19:27)
Alberto M de Campos