Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Morena.






De cor tão bela que não deixa meus afoitos desejos repousarem.




O olhar com o qual me aprisionas é o mesmo que eu queria dominar.




Não são tuas coxas alvo dos meus desejos???Não!




Ou são.




Mas não apenas estas.




Pois em teus cabelos negros e brilhantes escondes minhas razões.




Morena maldita.




Pequena, mas não restrita.




Os teus lábios enterram minhas súplicas.




Cor de jambo, sal de pedras, coração de fada.




Onde posso te amar morena?




Onde encontro o teu olhar?




Meu balanço moreno o teu balanço quer alinhar.




Perdoei tuas aventuras, perdoei o sem perdão.




Me diz onde eu te encontro, cor de jambo.




Me deixa concluir este ilegível conto.




Morena sem perdão.








Wm Nick... 2007 dezembro
Wam Nick
Enviado por Wam Nick em 05/12/2007
Código do texto: T765687

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wam Nick
Recife - Pernambuco - Brasil, 43 anos
103 textos (3399 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 18:13)
Wam Nick