Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Púrpura Rosa

A púrpura rosa que aquece o meu ventre
Colore-me a aura em mistério e segredo.
Meu ser escraviza em prisão e degredo
Invade-me sempre e eu consinto que entre.

É febre abrasiva que vem, me consome,
Afagos lascivos, preguiça e langor...
Meu corpo enfraquece carente de amor,
Debruço-me ao leito e murmuro teu nome.

Total descontrole, a chama se acende
Sem tempo ou compasso, afeta-me o tino,
A pele amortece e me leva ao delírio.

Em gozo sublime minh’alma se rende.
Exposta à luxúria em tal desatino,
Viajo em estrelas... que doce martírio!

Magmah
Enviado por Magmah em 07/12/2007
Reeditado em 30/08/2008
Código do texto: T768144

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Magmah
Montenegro - Rio Grande do Sul - Brasil
232 textos (5053 leituras)
6 e-livros (411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:36)
Magmah