Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(imagem do clip Cancao do Mar, Dulce Pontes e Madredeus, http://www.youtube.com/watch?v=MSIGWEcR5Dc)

O MAR E TU

Tens olhos de sonho

que os meus despertam

do pesadelo medonho

de um pensar tão tacanho

um pensar que não mais sonho...

Teu olhos de noite,

tão negros e profundos,

contraponto, contra-senso,

iluminam-me a vida,

falam de outro mundo...

Teus olhos de além-mar

resgatam do oceano,

minh’alma perdida, distante.

Teus olhos de canção,

canção de mar, errante,

resgatam o meu coração.

Teu olhar, noite escura,

mar calmo, plena ternura.

Como na canção,

fui bailar no teu olhar,

tentar ganhar teu coração.

“Vem saber se o mar terá razão,

vem cá ver bailar meu coração...”

Este mar, este atrevido,

que nos une e nos separa,

quer me fazer bailar,

sonhar,

contigo.

www.deboradenadai.prosaeverso.net

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 24/12/2007
Reeditado em 27/12/2007
Código do texto: T790129

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 56 anos
722 textos (166828 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 01:56)
Débora Denadai