Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENDOIDOU DE VEZ:

 

Hoje sai a rua.
Apenas para passear.
Este era o meu pensamento.
Até, que eu parei na rua,
Para dar licença, a uma mulher.
Que apressada não via ninguém.
Como se fugisse de alguém.
Passou como, um, furação.
E se foi rua fora, logo pensei.
Esta endoidou de vez.
Enquanto a seguia com o olhar.
Só para ver onde ela estava indo.
Ela dobrou a esquina, eu fui atrás.
A curiosidade me levou com ela.
Não vi mais ninguém, fui em frente.
Fui encontra-la, numa pequena loja.
Onde discutia com a funcionaria.
Resolvi entrar, me sentindo estranho.
Tremi, quando ela se virou perguntando.
O que o Senhor quer umas calcinhas.
Não viu que esta, e uma loja feminina.
Sim, fui logo respondendo, por isso entrei.
Mas não quero calcinhas, quero a dona.
Se ela aceitar meu convite, para jantar.
Disse isso, e fui para a rua esperar.
Bem ela aceitou, mas, o resto conto depois.


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 27/12/2005
Reeditado em 27/12/2005
Código do texto: T90786
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155429 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/21 02:17)
Volnei Rijo Braga