Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA PALMA DE MINHA MÃO

                                                       StaMaVi  1976


Estava na palma da minha mão
a cicatriz de nosso destino e todos outros  segredos.
Estava na palma da minha mão Maria
cravado na minh´alma o sonho de um grande amor!

A cigana contou-me de nosso destino
sem que eu lhe ouvisse a profecia !
 -  um amor que viverá entre sonhos e saudades!

Enfim tornou-se um amor confuso
em  desejos e sonhos
mistérios escritos nas palmas de minhas mãos...

Na palma de minha mão ficou a marca
de  um amor que acabou mas nunca teve fim!
A cigana bem que avisou:
 “na tua mão tem um desvio seguro,  siga  a  intuição
e acharás  um desvio rumo  a felicidade
atente a linha que se rompe  na palma de tua mão!“

Entrelinhas e traços, labirintos
formando nítido retrato dos caminhos que virão...

Vidas marcadas, pontos claros e escuros
guardando mistérios, alimentado sonhos!
Na palma de nossas mãos estava escrito
que era preciso partir pra ser feliz !
fui frágil em tanta ingenuidade, sem intuição!
E tudo se tornou, uma saudade sem fim!
Flamarion Costa
Enviado por Flamarion Costa em 27/06/2009
Reeditado em 25/08/2013
Código do texto: T1670066
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Flamarion Costa
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 68 anos
497 textos (201998 leituras)
5 e-livros (129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 03:47)
Flamarion Costa