Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHERES SÃO ROSAS À JANELA



Mulheres são como aquelas belas rosas
que se vêem às janelas debruando
os parapeitos de belíssimos trejeitos, prosas
de um poeta, que ao versá-las, vão cuidando.

Há nelas – rosas belas, belas mulheres – briosas
silhuetas, com que o sol vai desenhando
(por entrepostas sombras, as mais curiosas)
a força que é delas, num outro coração - pulsando.

Cada homem que passa, já passou, não passa
mais: porque em cada um ficou, a traça
de uma bela mulher, que jamais irá esquecer:

Porque rosas são mulheres, que devemos pôr
no mais alto do pendão, sem nada impor
e ouvindo muito bem, o que elas têm, para nos dizer.

Jorge Humberto
16/04/15
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 20/04/2015
Código do texto: T5213514
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 53 anos
2623 textos (68260 leituras)
22 áudios (942 audições)
13 e-livros (544 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/06/19 01:42)
Jorge Humberto