Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM PONTO DO CÉU

UM PONTO DO CÉU

Desenhou-se estrela
Brincou com notas
Dedilhou sonatas
Desceu a noite
Cobriu com véu
Manto de breu
Tisnando a vida
Há quem vigilante seja
E acenda a chama
Da estrela adormecida
A magia da poesia
Fez-se vida
Reacendeu o lume
Da estrela que se tornou
Um ponto no céu


Nadir: Do árabe "vigilante", um ponto do céu, Indica o oposto de zênite, o ponto do céu oposto ao zênite.

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 12/10/2005
Código do texto: T58987


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (953872 leituras)
16 áudios (8943 audições)
311 e-livros (34596 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/10/20 20:42)
Denise Severgnini