Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARCO-ÍRIS (Comentem...)

Onde está a aquarela
Usada nestas partes
Beleza sobre-humana
Como os "anéis de Marte"

E quando se abrem, plena magia
Encanto sedutor solto no ar
Param as borboletas e os colibris
Para ao teu sorriso, virem beijar.

Os movimentos da tua arcada
Produzem o que há de melhor
Não há musa, sereia ou fada
Que comprometa em inspiração maior

O espinho que hoje te machuca
Será a singular flor do teu amanhã
O fel que hoje tu sentes e bebes
Será em maior teor o sabor das tuas avelãs

Tu choras como um regador celestial
Que tens um jardim celestial sob ti
Mas, quando sorri, arco-íris se formam
Sorrisos! Potes de ouro brotam daí.

Dedicado a este sorriso lindo, deste ser que é uma maravilha de pessoa. E que sinceramente, tem mais idade, carinho e bom senso do que parece... Michelly Diniz, este é pra você.

Todos os direitos reservados
Registrado na FBN - Fundação Biblioteca Nacional
Poeta Urbano
POETA URBANO
Enviado por POETA URBANO em 04/09/2007
Reeditado em 25/09/2007
Código do texto: T637911
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETA URBANO
Camaçari - Bahia - Brasil, 42 anos
533 textos (13199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 20:46)
POETA URBANO