Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU CONFESSO!

Sabe o que aconteceu-me
Naquele dia ao ver a tua fotografia?
Minha mente já havia imaginado
Mais ou menos como serias.
Tremeu-me o corpo, perturbou-me
A mente, as mãos... a carne é fraca!
Não contive a emoção.
Meu coração desejou tê-la,
Amá-la, possuí-la!
Isto é pecado?
Meu olhar sórdido, mórbido,
Vagabundo...
Sonhou vê-la como veio ao mundo.
Não me dominei!
Tive, no mesmo instante,
Ao ver tão sedutor e perfeito corpo,
Pensamentos libidinosos, voluptuosos...
Pecadores! Proibidos!... E sonhei!
E em pensamentos, fantasias,
Imaginação... eu não nego:
Naquele dia e em outros mais.
Perdão, amiga!
Mas... eu pequei!
Eu pequei!
Eu...
...
Marcos Aurélio Mendes
Enviado por Marcos Aurélio Mendes em 24/09/2007
Código do texto: T667025
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Aurélio Mendes
Jussara - Bahia - Brasil, 52 anos
443 textos (35891 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 03:56)
Marcos Aurélio Mendes