Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Segredos

poesia/fórum /mote do dia 09-10-07


Segredos

Mas, porquê não confiar
meus segredos, meus poemas.
Pois se eles são os meus ais.
Não os posso esconder.
Venha quem os quiser ouvir.
Venham e podem ficar.
As minhas portas se abrem.
Para quem os quiser desvendar.
Pois se eles são meus ais.
Esses, já não são segredos.
Pois se eu os clamo,
nas noites, dos vendavais
da minha alma. E esses ais,
que eram segredos meus,
não o são mais.
São os poemas de tormentos
não quero ficar com eles
que os espalhe o vento
para quem os quiser levar.

De t,ta
09-10-07
19:20

 
Tetita
Enviado por Tetita em 13/10/2007
Código do texto: T692193

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (81087 leituras)
65 e-livros (5632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 11:12)
Tetita