Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Portugal Está a Arder!

Portugal Está a Arder!                       (44)
                 I                                                                                                                                                                                 Portugal, está a arder,
Calamidade, que tem que se ver!
Será coisa, de mão criminosa?
Ou falta de gente, pouco cuidadosa?
                  II
Ardem florestas, e campos,
Parecendo luzes, de pirilampos!
Correm os bombeiros apressados,
E os populares, sobressaltados!
                  III
Basta de tanto fogo, atear,
A riqueza deste país, a queimar!
Os culpados desta, calamidade,
Devem o seu crime, pagar!
                    IV
Algumas vidas, foram ceifadas,
Não foram a tempo, resgatadas!
Tentaram seus haveres, defender,
Mas a vida, ficaram a perder!
                      V
Até heróicos, soldados da paz,
Gente corajosa, e bem capaz.
Perderam a vida, nas chamas!
Lutando horas, dias e semanas.
                       VI
Nada paga, estas vidas,
Que ingratamente perdidas!
Equipamentos, e carros carbonizados,
Por acto criminosamente, malvado!
  11/08/05   J. Rodrigues
  Dedico este poema, aos bombeiros de Portugal, e também a todos os soldados da paz, de todo o muundo, que muitas vezes, arriscam sua vida para salvarem bens e pessoas alheias. Para eles vai a minha respeitosa homenagem.  
Galeano
Enviado por Galeano em 05/12/2007
Código do texto: T766296
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 81 anos
524 textos (104096 leituras)
14 áudios (2001 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 07:09)
Galeano